Durante a Conferência Nacional Alemã de Aviação em Hamburgo esta semana, a Airbus Helicopters revelou o PioneerLab, seu novo demonstrador de tecnologia bimotor baseado na plataforma H145. PioneerLab é a mais recente adição à frota de laboratórios voadores FlightLab da Airbus Helicopters que fornece bancos de teste ágeis e eficientes para testar tecnologias rapidamente. O

Durante a Conferência Nacional Alemã de Aviação em Hamburgo esta semana, a Airbus Helicopters revelou o PioneerLab, seu novo demonstrador de tecnologia bimotor baseado na plataforma H145.

PioneerLab é a mais recente adição à frota de laboratórios voadores FlightLab da Airbus Helicopters que fornece bancos de teste ágeis e eficientes para testar tecnologias rapidamente. O mais recente é uma variante do clássico helicóptero utilitário H145, lançado em 1999.

Esta última iteração do Flightlab está focada em testar tecnologias que reduzem as emissões dos helicópteros, aumentam a autonomia e integram materiais de base biológica e reciclados. O objetivo é tornar os futuros helicópteros mais ecológicos e eficientes e introduzir maior autonomia.

O PioneerLab incorporará um sistema de propulsão elétrica híbrida e aerodinâmica aprimorada que, segundo a Airbus, reduzirá o consumo de combustível em até 30% em comparação com um H145 convencional.

Além disso, testará em voo componentes estruturais feitos de materiais de base biológica e reciclados, com o objetivo de reduzir a pegada ambiental do helicóptero ao longo de sua vida útil. A Airbus Helicopters planeja fabricar essas peças usando processos que minimizem o consumo de material e energia e, ao mesmo tempo, melhorem a reciclabilidade.

O PioneerLab também explorará o uso das mais recentes tecnologias digitais no sistema de controle de voo da aeronave e sensores associados para aumentar a segurança e a autonomia durante fases críticas de voo, como decolagem e pouso.

A campanha de voo do PioneerLab já começou na maior instalação alemã do fabricante em Donauwörth, com um sistema de alerta de colisão de rotor sendo o primeiro bloco tecnológico testado a bordo do demonstrador. A próxima fase se concentrará no teste de um sistema automatizado de decolagem e pouso.

“Com o PioneerLab, continuamos a nossa ambiciosa estratégia de testar e amadurecer novas tecnologias a bordo dos nossos helicópteros demonstradores”, disse Tomasz Krysinski, Chefe de Programas de Pesquisa e Inovação da Airbus Helicopters, em comunicado oficial. “O PioneerLab, com sede na Alemanha, em nossa unidade de Donauwörth, será nossa plataforma para testar tecnologias especificamente dedicadas a helicópteros bimotores.”

A plataforma FlightLab existente é construída em torno de uma aeronave leve H130 específica, enquanto o DisruptiveLab, que também contará com um trem de força híbrido-elétrico, é um design limpo. Ambas as aeronaves estão localizadas na sede do fabricante em Marignane, França.

Atualizado em by Allison Nicole Smith
Registro Rápido

3 Estratégias pré-construídas Incluídas, automatize suas ideias de negociação sem escrever código .

100%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais Ilimitados! Depósito Inicial Não é Necessário.

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
Durante a Conferência Nacional Alemã de Aviação em Hamburgo esta semana, a Airbus Helicopters revelou o PioneerLab, seu novo demonstrador de tecnologia bimotor baseado na plataforma H145. PioneerLab é a mais recente adição à frota de laboratórios voadores FlightLab da Airbus Helicopters que fornece bancos de teste ágeis e eficientes para testar tecnologias rapidamente. O
banner image