A gestão de risco ajuda a reduzir perdas e protege as contas dos traders de perder todo o seu capital. O risco ocorre quando os traders sofrem perdas. Se o risco for bem gerido, os traders podem abrir portas para ganhar dinheiro no mercado.

A gestão de risco ajuda a reduzir perdas e protege as contas dos traders de perder todo o seu capital. O risco ocorre quando os traders sofrem perdas. Se o risco for bem gerido, os traders podem abrir portas para ganhar dinheiro no mercado.

É um pré-requisito essencial, mas muitas vezes negligenciado, para o trading ativo bem-sucedido. Afinal, um trader que gerou lucros substanciais pode perdê-los em apenas uma ou duas negociações ruins sem uma estratégia adequada de gestão de risco. Então, como desenvolver as melhores técnicas para controlar os riscos do mercado?

Neste artigo, discutiremos algumas estratégias simples que podem ser usadas para proteger os lucros das suas negociações.

Princípios Fundamentais

  • O Trading Pode Ser Lucrativo: O trading pode ser emocionante e lucrativo se você conseguir se manter focado, fazer a devida diligência e manter as emoções sob controle.
  • Importância da Gestão de Risco: No entanto, até mesmo os melhores traders precisam incorporar práticas de gestão de risco para evitar que as perdas saiam do controle.
  • Abordagem Estratégica e Objetiva: Ter uma abordagem estratégica e objetiva para cortar perdas por meio de ordens de stop, realização de lucros e opções de proteção é uma maneira inteligente de se manter no jogo.

Planejando Suas Negociações

Como o famoso general chinês Sun Tzu disse: “Toda batalha é vencida antes de ser travada”. Isso implica que o planejamento e a estratégia, não as batalhas em si, ganham guerras. Da mesma forma, traders bem-sucedidos frequentemente citam a frase: “Planeje a negociação e negocie o plano”. Assim como na guerra, planejar com antecedência muitas vezes faz a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Primeiramente, certifique-se de que o seu corretor seja adequado para o trading frequente. Alguns corretores atendem a clientes que negociam raramente, cobram altas comissões e não oferecem as ferramentas analíticas adequadas para traders ativos.

Pontos de Stop-Loss e Take-Profit

Os pontos de stop-loss (S/L) e take-profit (T/P) representam duas maneiras fundamentais pelas quais os traders podem planejar suas negociações. Traders bem-sucedidos sabem a que preço estão dispostos a comprar e a que preço estão dispostos a vender. Eles podem então medir os retornos resultantes em relação à probabilidade de o preço da ação atingir suas metas. Se o retorno ajustado for suficientemente alto, eles executam a negociação.

Por outro lado, traders malsucedidos frequentemente entram em negociações sem ter ideia de onde vão vender com lucro ou prejuízo. Como jogadores em uma sequência de sorte ou azar, as emoções começam a dominar e ditar suas negociações. As perdas frequentemente levam as pessoas a se agarrarem à esperança de recuperar o dinheiro, enquanto os lucros podem induzir os traders a manter as negociações imprudentemente em busca de mais ganhos.

Regra de Um Por Cento

Muitos day traders seguem o que é chamado de regra de um por cento. Basicamente, essa regra sugere que você nunca deve investir mais de 1% do seu capital ou da sua conta de trading em uma única negociação. Portanto, se você tiver $10.000 na sua conta de trading, sua posição em um determinado instrumento não deve ser superior a $100.

Essa estratégia é comum para traders com contas de menos de $100.000; alguns chegam até 2% se puderem. Muitos traders com saldos mais altos podem optar por um percentual menor. Isso ocorre porque, à medida que o tamanho da sua conta aumenta, aumenta também o tamanho da posição. A melhor maneira de manter suas perdas sob controle é manter a regra abaixo de 2%; caso contrário, você estará arriscando uma quantia substancial da sua conta de trading.

Estabelecendo Pontos de Stop-Loss e Take-Profit

Um ponto de stop-loss é o preço no qual um trader venderá uma ação e aceitará uma perda na negociação. Isso geralmente ocorre quando a negociação não se desenrola como o trader esperava. Os pontos de stop-loss são projetados para evitar a mentalidade de “isso vai se recuperar” e limitar as perdas antes que se agravem. Por exemplo, se uma ação cair abaixo de um nível de suporte crucial, os traders geralmente vendem o mais rápido possível.

Por outro lado, um ponto de take-profit é o preço no qual um trader venderá uma ação e aceitará um lucro na negociação. Isso ocorre quando o potencial de ganho adicional é limitado dado os riscos. Por exemplo, se uma ação se aproxima de um nível de resistência importante após um grande movimento ascendente, os traders podem preferir vender antes de um período de consolidação.

Como Estabelecer Pontos de Stop-Loss de Maneira Mais Eficiente

A definição de pontos de stop-loss e take-profit geralmente é feita por meio de análise técnica, mas a análise fundamental também pode desempenhar um papel importante na temporização. Por exemplo, se um trader está mantendo uma ação antes de um anúncio importante, pode querer vender antes que as expectativas fiquem muito altas, independentemente de o preço de take-profit ter sido atingido.

As médias móveis representam a maneira mais popular de definir esses pontos, pois são fáceis de calcular e amplamente acompanhadas pelo mercado. As médias móveis-chave incluem as médias de 5, 9, 20, 50, 100 e 200 dias. Essas médias são melhores aplicadas a um gráfico de ações e ajudam a determinar se o preço da ação reagiu a elas no passado, servindo como níveis de suporte ou resistência.

Outra maneira eficaz de estabelecer níveis de stop-loss ou take-profit é através de linhas de tendência de suporte ou resistência. Essas linhas podem ser traçadas conectando máximas ou mínimas anteriores que ocorreram em volumes significativos. O importante é determinar os níveis em que o preço reage às linhas de tendência ou às médias móveis e, é claro, com alto volume.

Ao definir esses pontos, aqui estão algumas considerações importantes:

  • Use médias móveis de longo prazo para ações mais voláteis, a fim de reduzir a probabilidade de uma oscilação de preço sem sentido acionar uma ordem de stop-loss.
  • Ajuste as médias móveis para corresponder às faixas de preço-alvo. Por exemplo, alvos mais longos devem usar médias móveis maiores para reduzir o número de sinais gerados.
  • Os pontos de stop-loss não devem estar mais próximos do que 1,5 vezes a faixa de preços alta-baixa atual (volatilidade), pois é provável que sejam executados sem motivo.
  • Ajuste o stop-loss de acordo com a volatilidade do mercado. Se o preço das ações não estiver oscilando muito, os pontos de stop-loss podem ser ajustados mais apertados.
  • Use eventos fundamentais conhecidos, como divulgações de resultados, como períodos-chave para estar dentro ou fora de uma negociação, já que a volatilidade e a incerteza podem aumentar.

Calculando o Retorno Esperado

A definição de pontos de stop-loss e take-profit também é necessária para calcular o retorno esperado. A importância desse cálculo não pode ser subestimada, pois força os traders a pensar nas negociações de forma racional. Além disso, oferece uma maneira sistemática de comparar várias negociações e escolher apenas as mais lucrativas.

Isso pode ser calculado usando a seguinte fórmula:

[(Probabilidade de Lucro) x (Percentagem de Lucro do Take Profit)] + [(Probabilidade de Perda) x (Percentagem de Perda do Stop-Loss)]

O resultado desse cálculo é o retorno esperado para o trader ativo, que poderá então compará-lo com outras oportunidades para determinar quais ações negociar. A probabilidade de ganho ou perda pode ser calculada usando as quebras históricas e quedas nos níveis de suporte ou resistência, ou, para traders experientes, fazendo uma suposição educada.

Diversificação e Hedge

Garantir que você aproveite ao máximo o seu trading significa nunca colocar todos os ovos na mesma cesta. Se você investir todo o seu dinheiro em uma única ideia, estará se preparando para uma grande perda. Lembre-se de diversificar seus investimentos, tanto no setor industrial como na capitalização de mercado e região geográfica. Isso não só ajuda a gerenciar o risco, mas também abre mais oportunidades.

Você também pode se encontrar precisando proteger sua posição. Considere uma posição de ações quando os resultados estiverem previstos. Você pode considerar a tomada da posição oposta por meio de opções, o que pode ajudar a proteger sua posição. Quando a atividade de trading diminuir, você poderá desfazer o hedge.

Opções de Venda de Proteção

Se você for aprovado para operar com opções, a compra de uma opção de venda de proteção, às vezes conhecida como “put” de proteção, pode ser usada como um hedge para evitar perdas em uma negociação que dá errado. Uma opção de venda dá a você o direito, mas não a obrigação, de vender a ação subjacente a um preço especificado ou antes do vencimento da opção. Portanto, se você possui ações da XYZ por $100 e compra uma opção de venda de seis meses com preço de exercício de $80 por $1,00 de prêmio por opção, você estará efetivamente protegido de qualquer queda de preço abaixo de $79 ($80 de preço de exercício menos o prêmio de $1 pago).

O Que É Trading Ativo?

O trading ativo significa tentar regularmente aproveitar as flutuações de curto prazo dos preços. Você não está comprando ações para aposentadoria. O objetivo é mantê-las por um período limitado e tentar lucrar com a tendência. Os traders ativos são chamados assim porque frequentemente estão no mercado, entrando e saindo.

Quais Técnicas de Gestão de Risco São Usadas por Traders Ativos?

As técnicas que os traders ativos usam para gerenciar o risco incluem encontrar o corretor certo, pensar antes de agir, definir pontos de stop-loss e take-profit, espalhar as apostas, diversificar e fazer hedge.

O Que é a Regra de 1% no Trading?

A regra de 1% exige que os traders nunca arrisquem mais do que 1% do valor total da sua conta em uma única negociação. Em uma conta de $10.000, isso não significa que você pode investir apenas $100. Significa que você não deve perder mais de $100 em uma única negociação.

Como Se Tornar um Trader Ativo de Sucesso?

Para se tornar um trader ativo de sucesso, você deve entender os mercados financeiros e estar familiarizado com as diversas ferramentas usadas para ler os movimentos de preço. Você também deve ter capital e tempo suficiente para operar e ser capaz de controlar suas emoções. A chave está em ter uma estratégia e segui-la. E se você deseja ser bem-sucedido a longo prazo, diversifique suas apostas.

O Trading ativo não é para todos. Apesar do que você pode ouvir, não é fácil e não garante que você ganhará dinheiro suficiente para deixar seu emprego. Pense cuidadosamente, comece pequeno e experimente simular algumas negociações em uma conta de teste antes de investir seu dinheiro.

Conclusão

Os traders sempre devem saber quando planejam entrar ou sair de uma negociação antes de executá-la. Usando stop-loss eficazmente, um trader pode minimizar não apenas as perdas, mas também o número de vezes em que uma negociação é encerrada desnecessariamente. Em conclusão, faça seu plano de batalha antecipadamente e mantenha um registro de suas vitórias e derrotas.

Atualizado em by Liticoin.com
Registro Rápido

Obtenha um Bônus de 50% agora. Até 90% de lucro em 60 segundos. Conta demo gratuita!!

90%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais Ilimitados! Depósito Inicial Não é Necessário.

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
A gestão de risco ajuda a reduzir perdas e protege as contas dos traders de perder todo o seu capital. O risco ocorre quando os traders sofrem perdas. Se o risco for bem gerido, os traders podem abrir portas para ganhar dinheiro no mercado.
banner image