A Marinha possui uma nova unidade destinada a ajudar a Força a integrar pequenos drones marítimos em suas forças. O Esquadrão Três de Navios de Superfície Não Tripulados, que foi montado em 17 de maio na Base Naval de San Diego e colocado sob o comando do Capitão Derek Rader, supervisionará uma “frota” de pequenos

A Marinha possui uma nova unidade destinada a ajudar a Força a integrar pequenos drones marítimos em suas forças.

O Esquadrão Três de Navios de Superfície Não Tripulados, que foi montado em 17 de maio na Base Naval de San Diego e colocado sob o comando do Capitão Derek Rader, supervisionará uma “frota” de pequenos navios de superfície não tripulados, incluindo Embarcações de Reconhecimento Autônoma Global (GARC) construídas por Maritime Applied Physics Corp., de acordo com um comunicado.

O estabelecimento do USVRON Three é o mais recente passo na jornada do serviço marítimo para construir uma chamada frota híbrida de sistemas tripulados e não tripulados. Isso aconteceu cerca de três meses depois que a almirante Lisa Franchetti, chefe de operações navais, estabeleceu uma nova classificação geral de “especialista em guerra robótica”.

“RW Sailors permitirá operações e manutenção de Sistemas Robóticos e Autônomos (RAS) no limite tático. Os RWs serão os especialistas no assunto de visão computacional, autonomia de missão, autonomia de navegação, sistemas de dados, inteligência artificial e aprendizado de máquina em nossas plataformas RAS”, de acordo com um anúncio NAVADMIN de Franchetti.

Esses especialistas farão parte do novo esquadrão, segundo o serviço.

“A Marinha está colocando sistemas não tripulados nas mãos de 400 de nossos combatentes mais talentosos para ajudar a integrar, dimensionar, experimentar e empregar esses sistemas”, disse o vice-almirante Brendan McLane, comandante das Forças Navais de Superfície da Frota do Pacífico dos EUA, durante um discurso na cerimônia de 17 de maio para marcar o estabelecimento do USVRON Três.

O novo esquadrão surgiu enquanto o Pentágono avança com a sua iniciativa Replicator, que visa acelerar programas e colocar em campo milhares de sistemas “autônomos atribuíveis” em múltiplos domínios até Agosto de 2025 para ajudar as forças armadas dos EUA a combater o aumento militar da China. O Pentágono garantiu 500 milhões de dólares em financiamento para a primeira parcela do ano fiscal de 2024 e solicitou 500 milhões de dólares adicionais para o ano fiscal de 2025. Estão a ser planeadas parcelas adicionais.

A Marinha está buscando vários tipos de embarcações de superfície não tripuladas por meio do Replicator, inclusive por meio de uma parceria com a Unidade de Inovação de Defesa. A DIU emitiu no início deste ano uma solicitação para pequenos drones marítimos autônomos que possam operar em grupos para monitorar e engajar navios adversários.

Durante uma audiência no Congresso na semana passada, Nickolas Guertin, chefe de aquisições do Departamento da Marinha, disse que o DON apoia o Replicator, mas também observou que não se trata apenas de uma questão de escalar a produção.

“Um outro aspecto é que quando olhamos para este tipo de iniciativas, queremos ter a certeza de que levamos adiante a sustentabilidade e apoiamos o trabalho para garantir que o nosso… [service members] podem realmente usar essas coisas de maneira confiável quando precisarem em uma briga”, disse ele aos legisladores.

Outros responsáveis ​​também observaram que os militares precisam de desenvolver tácticas, técnicas, procedimentos (TTP) e formação sobre como irão empregar sistemas não tripulados da próxima geração.

Embora o comunicado da Marinha na semana passada sobre o USVRON Três não mencionasse explicitamente o Replicator ou conectasse a unidade a esse esforço, parece que seu trabalho futuro poderia facilitar a integração desses tipos de sistemas na frota.

“A missão do USVRON Three é entregar as plataformas não tripuladas mais formidáveis ​​no domínio marítimo. O esquadrão será a pedra angular na construção do conhecimento básico necessário para operar e manter sUSV e liderará o desenvolvimento de TTPs para operações e sustentação de sUSV”, de acordo com o comunicado.

Atualizado em by Arden Badon
Registro Rápido

Obtenha um Bônus de 50% agora. Até 90% de lucro em 60 segundos. Conta demo gratuita!!

90%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais Ilimitados! Depósito Inicial Não é Necessário.

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
A Marinha possui uma nova unidade destinada a ajudar a Força a integrar pequenos drones marítimos em suas forças. O Esquadrão Três de Navios de Superfície Não Tripulados, que foi montado em 17 de maio na Base Naval de San Diego e colocado sob o comando do Capitão Derek Rader, supervisionará uma “frota” de pequenos
banner image