Este é um guia abrangente sobre os princípios básicos da negociação de ações e os diferentes tipos de negociação de ações, bem como dicas para começar.

Negociar ações envolve a compra e venda de ações de empresas de capital aberto. Quando alguém compra ações de uma empresa, efetivamente torna-se um pequeno proprietário dessa empresa e tem direito a parte de seus ativos e ganhos, na forma de dividendos e/ou valorização de capital. O valor das a ações depende de uma variedade de fatores, incluindo o desempenho financeiro da empresa, perspectivas, condições gerais do mercado e sentimento do investidor.

Este é um guia abrangente sobre os princípios básicos da negociação de ações e os diferentes tipos de negociação de ações, bem como dicas para começar.

Principais Conceitos

  • A negociação de ações envolve a compra e venda de ações de empresas de capital aberto em bolsas de valores.
  • Os tipos de negociantes de ações incluem os de longo prazo, de curto prazo, day traders, swing traders e high-frequency traders, cada um com um horizonte de tempo e metas diferentes.
  • As ações são geralmente categorizadas com base no tamanho da empresa ou capitalização de mercado, setor, e oportunidades de crescimento versus valor.
  • Negociar ações envolve riscos, incluindo a possibilidade de perder todo o seu investimento.

Tipos de Negociação de Ações

A negociação de ações e as pessoas que a praticam vêm em muitas variedades, com diversas estratégias e abordagens. Frequentemente, a negociação de ações é categorizada com base no período desejado de detenção, ou horizonte de tempo.

Negociação de Longo Prazo: Envolve a compra de ações de uma empresa e a sua retenção por um período prolongado, geralmente vários anos ou até décadas. O objetivo da negociação de longo prazo é se beneficiar do crescimento da empresa ao longo do tempo e receber dividendos das ações. Os negociadores de compra e retenção de longo prazo são frequentemente classificados mais como investidores, mas também podem ser chamados de negociadores de posição.

Negociação de Curto Prazo: Por outro lado, envolve a compra e venda de ações ao longo de um período mais curto, geralmente alguns dias, semanas ou meses. O objetivo dos negociadores de curto prazo é obter lucros rápidos, aproveitando as flutuações do mercado. Day traders têm um horizonte de tempo intradiário, fazendo várias negociações ao longo de um único dia ou alguns dias. Swing traders têm uma perspectiva de médio prazo, buscando capturar tendências e momentum ao longo de várias semanas ou meses.

Negociadores de Ultra Curto Prazo: Podem usar algoritmos para ajudar a fazer negociações em milissegundos para “scalping”, ou seja, fazer uma série de pequenos lucros rápidos. Também conhecidos como negociadores de alta frequência (HFTs), eles usam programas de computador para executar negociações com base em critérios predefinidos. Embora a negociação de alta frequência seja geralmente restrita a traders profissionais de Wall Street e fundos de hedge, as plataformas algorítmicas estão se tornando cada vez mais acessíveis para traders comuns.

Enquanto a maioria dos traders iniciantes compra ações e depois as vende, alguns traders também vendem ações a descoberto. Eles pegam emprestadas ações que não possuem e as vendem, na esperança de recomprá-las a um preço mais baixo posteriormente. Estar “short” (apostar que o mercado vai cair) é o oposto de estar “long” (apostar que o mercado vai subir).

O Que Negociar

Há mais de 5.900 ações listadas apenas na NYSE e no Nasdaq, além de muitas milhares listadas no mercado de balcão (OTC). Como trader de ações, você vai querer reduzir esse universo. A maioria das plataformas de corretagem possui filtros e rastreadores que permitem fazer isso.

Em geral, as ações são categorizadas com base na capitalização de mercado, setor e se representam oportunidades de crescimento ou investimento em valor.

Capitalização de Mercado: A capitalização de mercado de uma empresa representa o valor de suas ações multiplicado pelo número de ações em circulação. Em geral, as ações com maior capitalização de mercado representam empresas maiores, mais maduras e estáveis, com menos oportunidades de crescimento, mas também menos volatilidade. Por outro lado, as ações de pequena capitalização tendem a ser mais arriscadas, mas podem oferecer mais crescimento a longo prazo.

  • Mega capitalização: Capitalização de mercado de $200 bilhões ou mais.
  • Big (grande) capitalização: De $10 bilhões a $200 bilhões.
  • Midcap: De $2 bilhões a $10 bilhões.
  • Small cap: De $250 milhões a $2 bilhões.
  • Microcap: De $50 milhões a menos de $250 milhões.
  • Nanocap: Menos de $50 milhões.

Setor da Indústria: O que as empresas fazem e o setor em que operam geralmente se reflete no desempenho de suas ações. Por exemplo, ações de bens de consumo básico (ou seja, ações de empresas que fabricam produtos essenciais para os consumidores) tendem a se sair bem em tempos de recessão, porque as pessoas sempre precisarão desses produtos. Já as ações de bens de consumo discricionário (por exemplo, itens de luxo) podem sofrer quando os consumidores reduzem as compras opcionais em tempos de economia fraca. A classificação da indústria de uma empresa, conhecida como Global Industry Classification Standard (GICS) ou Padrão de Classificação de Indústria Global, é uma ferramenta crítica para um investidor que deseja criar uma carteira diversificada ou identificar concorrentes em um setor específico. Os códigos GICS definem 11 setores econômicos, que são subdivididos em 24 grupos da indústria, depois em 69 indústrias e, finalmente, em 158 subindústrias. Cada ação possui um código para identificá-la em todos esses níveis, em termos do principal negócio da empresa.

Os 11 setores do mercado de ações são:

  • Serviços de comunicação
  • Bens de consumo discricionário
  • Bens de consumo básico
  • Energia
  • Serviços financeiros
  • Saúde
  • Indústria
  • Tecnologia da informação
  • Materiais
  • Imóveis
  • Serviços públicos

Crescimento versus Valor: Ações de crescimento são ações de empresas que se espera que cresçam mais rapidamente do que o mercado geral devido ao seu potencial de inovação, expansão ou tecnologia disruptiva. Geralmente, são empresas de menor capitalização e mais recentes. Já as ações de valor são ações de empresas percebidas como subvalorizadas pelo mercado e com fundamentos sólidos. Traders de valor procuram ações com fundamentos sólidos, como baixo índice preço/lucro (P/L) e preço/valor patrimonial (P/VPA), como indicadores de força financeira em relação ao preço de mercado. As ações de valor também podem pagar dividendos mais elevados.

ETFs

Os fundos de índice negociados em bolsa, conhecidos como ETFs, negociam como ações de empresas, mas cada ação de ETF representa participações em várias ações diferentes. Os ETFs oferecem aos traders uma forma mais econômica e eficiente de acessar um setor inteiro, índice de mercado amplo ou classe de ativos usando um único instrumento.

Os traders usam ETFs como uma maneira mais econômica e eficiente de capturar segmentos de mercado maiores, sem precisar negociar cada título individual ou índice envolvido.

Onde Negociar Ações

As ações são listadas em uma ou mais bolsas de valores, ou podem ser negociadas nos mercados de balcão (OTC). Bolsas de valores, como a Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) e o mercado de ações Nasdaq nos EUA, fornecem um mercado centralizado para a compra e venda de ações e estabelecem as regras e regulamentos para as atividades de negociação.

A negociação OTC ocorre longe das bolsas de valores e pode ocorrer por meio de redes de comunicação eletrônica (ECNs) ou por meio de corretores especializados em um tipo específico de segurança ou segmento de mercado, como o OTC Markets Group Inc. A negociação OTC geralmente é reservada para empresas menores ou menos conhecidas (frequentemente na forma de chamadas “ações de centavos”), ações de algumas empresas não americanas ou valores mobiliários que não atendem aos requisitos de listagem das principais bolsas.

A negociação OTC carrega alguns riscos específicos, como reduzida transparência e liquidez, bem como o potencial para atividades fraudulentas. Portanto, os traders precisam ser cautelosos e conduzir uma pesquisa minuciosa antes de negociar ações OTC ou outros valores mobiliários.

A maioria das corretoras hoje oferece aos seus usuários acesso a ações negociadas em bolsa e ações OTC.

Como Negociar Ações

Para começar a negociar ações, os indivíduos precisam abrir uma conta de corretagem com um corretor respeitável. Uma conta de corretagem é um tipo de conta de investimento que permite aos investidores comprar e vender ações, títulos e outros valores mobiliários.

Uma vez que a conta esteja configurada, os traders devem começar a pesquisar empresas e analisar seus fundamentos para tomar decisões de investimento informadas. Também é prudente definir um orçamento para a negociação e investir apenas o valor que você pode se dar ao luxo de perder. Quando estiver pronto, os traders podem então fazer pedidos para comprar ou vender ações de uma empresa por meio de seu corretor.

Existem vários tipos de ordens e especificações que um trader pode usar:

  • Ordem de Mercado: É o tipo mais básico de ordem de ações e instrui o corretor a concluir o pedido pelo melhor preço disponível. Ordens de mercado geralmente são sempre executadas, a menos que não haja liquidez de negociação.
  • Ordem de Limite: Procura comprar ou vender uma ação a um preço específico ou melhor. Ordens de limite dão ao trader mais controle sobre o preço que pagarão para comprar ou vender um título. As ordens de limite podem permanecer em vigor até que sejam executadas, expirem ou sejam canceladas.
  • Ordem Stop: Instrui o corretor a comprar ou vender um ativo quando ele atingir um preço especificado acima ou abaixo do preço atual. Uma ordem stop pode ser uma ordem de mercado, o que significa que aceitará qualquer preço quando acionada, ou uma ordem de limite, que só pode ser executada dentro de uma determinada faixa de preço após ser acionada. As ordens de paragem são frequentemente usadas para minimizar perdas (stop-loss).
  • Ordem de Dia: Deve ser executada no mesmo dia em que a ordem é feita.
  • Ordem válida até cancelamento (GTC): Permanece em vigor até que seja preenchida ou cancelada.
  • Imediata ou Cancelamento (IOC): Significa que a ordem só permanece ativa por um curto período de tempo, como vários segundos.
  • Tudo ou Nada (AON): Especifica que o tamanho total da ordem deve ser preenchido, e preenchimentos parciais não são aceitos.
  • Preencher ou Matar (FOK): Deve ser concluído imediatamente e completamente ou não deve ser concluído de forma alguma. Combina uma ordem AON com uma ordem IOC.

O risco de liquidez refere-se a ações com baixo volume de negociação ou fraca demanda que pode torná-las difíceis de vender rapidamente. Isso pode resultar em perdas se o trader precisar liquidar uma posição de ações.

Riscos no Trading de Ações

É importante notar que o trading de ações envolve riscos, e os investidores devem estar preparados para perder dinheiro. Os preços das ações estão sujeitos a flutuações causadas por vários fatores de mercado, incluindo condições macroeconômicas, geopolítica e eventos globais. Isso é conhecido como risco de mercado ou risco sistemático, pois afeta todo o mercado de ações.

As ações individuais também podem perder valor devido a notícias e eventos específicos do setor ou da empresa, como um resultado abaixo das previsões dos analistas ou uma iminente falência. Isso é chamado de risco específico (ou risco não sistemático). Isso pode resultar em perdas significativas se o mercado se movimentar contra a posição de um trader.

Para gerenciar esses riscos, os investidores devem realizar pesquisas e análises minuciosas, desenvolver um plano de trading bem definido, estabelecer medidas de gestão de risco, como ordens de stop-loss, e manter disciplina na execução de sua estratégia. Além disso, ao negociar ações, é importante evitar investir mais dinheiro do que você pode perder e considerar a diversificação de sua carteira para reduzir o risco geral.

Como começar a negociar ações?

O primeiro passo para começar a negociar ações é abrir uma conta de corretagem e financiá-la. Existem várias opções disponíveis online, muitas delas oferecem negociações sem comissões em ações e fundos de índice (ETFs). Além disso, defina objetivos de negociação ou investimento, pesquise empresas, mantenha-se informado sobre as notícias do mercado e das empresas e comece com quantias pequenas para minimizar o risco e ganhar experiência.

O que faz um trader de ações?

Um trader de ações compra e vende ações de empresas de capital aberto na esperança de obter lucro. Isso pode ser feito tanto de forma profissional quanto como um hobby. Os traders estudam as tendências do mercado, examinam as empresas e usam várias estratégias para tomar decisões informadas. Um trader de ações bem-sucedido deve ter habilidades analíticas e de tomada de decisão sólidas, além de um profundo entendimento do mercado.

Qual é um exemplo de uma operação de ações?

Como ilustração, um investidor compra 10 ações da Tesla (TSLA) a $200 por ação usando uma ordem limitada, com um preço máximo de $210. A ordem é executada quando o preço da ação atinge $210, e o investidor paga um total de $2.100. Uma semana depois, o preço da ação sobe para $300 por ação, e o investidor vende todas as 10 ações pelo preço de mercado, recebendo $3.000 e obtendo um lucro de $900.

É possível negociar ações com $100?

Sim. Muitas corretoras de desconto permitem que os investidores comprem ações fracionadas de uma empresa com tão pouco quanto $100 ou menos. Portanto, se uma ação de uma empresa está sendo negociada a $200, $100 lhe comprará metade de uma ação. Além disso, muitas corretoras online hoje oferecem negociações de ações sem comissões, o que significa que seu investimento de $100 não será reduzido por comissões de negociação.

O que é análise técnica?

A análise técnica é o estudo de dados de mercado históricos, incluindo preço e volume. Usando insights da psicologia de mercado, economia comportamental e análise quantitativa, os analistas técnicos buscam usar o desempenho passado para prever o comportamento futuro do mercado, usando padrões de gráficos e indicadores estatísticos.

Conclusão

O trading de ações envolve a compra e venda de ações de uma empresa de capital aberto. O trading pode ser uma oportunidade emocionante e lucrativa, mas também envolve riscos dos quais os investidores devem estar cientes, incluindo a possibilidade de perder quantias significativas de dinheiro. Portanto, é importante realizar pesquisas e análises minuciosas antes de tomar quaisquer decisões de investimento.

Seguindo essas dicas e entendendo os conceitos básicos do trading de ações, você pode tomar decisões informadas e trabalhar para alcançar seus objetivos de investimento.

Atualizado em by Liticoin.com
Registro Rápido

3 Estratégias pré-construídas Incluídas, automatize suas ideias de negociação sem escrever código .

100%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais Ilimitados! Depósito Inicial Não é Necessário.

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
Este é um guia abrangente sobre os princípios básicos da negociação de ações e os diferentes tipos de negociação de ações, bem como dicas para começar.
banner image