O seguro empresarial é um salvaguarda crucial projetada para entidades legais. Seu objetivo principal é proteger as empresas contra perdas financeiras decorrentes de uma ampla gama de eventos, como incêndios, incidentes relacionados ao clima e danos causados a terceiros dentro de um estabelecimento comercial.

O seguro empresarial é um salvaguarda crucial projetada para entidades legais. Seu objetivo principal é proteger as empresas contra perdas financeiras decorrentes de uma ampla gama de eventos, como incêndios, incidentes relacionados ao clima e danos causados a terceiros dentro de um estabelecimento comercial.

No caso de qualquer um dos riscos cobertos, frequentemente chamados de “sinistros” na indústria de seguros, a seguradora compensa a empresa até o valor segurado.

O que é o Seguro Empresarial?

O seguro empresarial é um tipo “abrangente” de seguro, o que significa que ele combina várias modalidades de cobertura em uma única apólice. É recomendado para atividades comerciais, industriais ou de serviços, bem como para propriedades não residenciais, de acordo com as diretrizes estabelecidas pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), o órgão regulador de seguros privados do Brasil.

De acordo com a Susep, as principais características do seguro abrangente incluem taxas reduzidas em comparação com as apólices tradicionais, cláusulas menos restritivas e mais compreensíveis, uma estrutura modular e uma ampla gama de opções de cobertura adicionais.

Agora, vamos explorar os detalhes operacionais do seguro empresarial.

Desvendando o Seguro Empresarial

O seguro empresarial, frequentemente chamado de “seguro abrangente”, é projetado para proteger as empresas contra perdas financeiras decorrentes de vários riscos. “No seguro empresarial, incorporamos coberturas adicionais de outras modalidades, como cobertura de responsabilidade e cobertura de equipamentos”, explica Emerson Nagata, Superintendente de Soluções Empresariais e de Produtos para Danos na Brasilseg, uma empresa do grupo BB Seguros.

O seguro empresarial é considerado uma maneira eficaz de transferir o risco financeiro de uma empresa para uma seguradora. A seguradora assume a responsabilidade de compensar a parte segurada no caso de incidentes predefinidos especificados na apólice.

As coberturas específicas incluídas podem variar de uma seguradora para outra, com as empresas geralmente oferecendo várias opções de planos. Por exemplo, a BB Seguros oferece três opções de pacotes, enquanto a Porto fornece dois planos distintos. Geralmente, esses pacotes abrangem coberturas básicas e uma infinidade de complementos que os clientes podem personalizar de acordo com suas necessidades específicas.

Essas coberturas podem ser adicionadas ou removidas, e os valores das compensações podem ser ajustados. “O nível de proteção é progressivo nos planos da BB Seguros, tanto em termos de cobertura quanto de assistência”, observa Nagata.

Os canais para a compra de seguros também podem variar de uma seguradora para outra. A BB Seguros permite que os clientes adquiram seguros por meio de agências bancárias, uma central de atendimento ao cliente e dispositivos móveis. A Porto, por outro lado, faz contratos por meio de sua rede de 33.000 corretores parceiros, mas as partes interessadas também podem solicitar uma proposta por meio do site da empresa.

Jarbas Medeiros, Presidente do Comitê de Risco de Propriedades de Massa do Mercado da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), sugere os seguintes passos para adquirir um seguro: procurar um corretor de seguros que apresentará as melhores opções de acordo com as necessidades do cliente em termos de cobertura e custo. Depois que a seguradora é escolhida, o cliente envia uma proposta eletrônica para a empresa, que avalia o negócio.

“Dependendo do caso, a análise e aceitação da seguradora podem depender de uma inspeção do estabelecimento. Uma vez que a inspeção é aprovada, o seguro é emitido”, diz Medeiros.

Como Funciona o Seguro Empresarial?

O seguro empresarial possui dois componentes principais: cobertura e assistência. As coberturas recomendadas podem variar dependendo da natureza do negócio. “Por exemplo, escritórios precisam de cobertura para home office, enquanto bares e restaurantes exigem cobertura de entrega, e padarias precisam de cobertura para a deterioração de mercadorias em ambientes refrigerados”, diz Nagata.

Como mencionado anteriormente, os planos e coberturas diferem de uma seguradora para outra. A Porto oferece planos com coberturas essenciais para micro e pequenas empresas, bem como pacotes para empresas de diferentes tamanhos e setores. A BB Seguros possui três variantes progressivas de pacotes.

Os serviços de assistência são projetados para ajudar os proprietários de empresas a lidar com eventos inesperados do dia a dia, como serviços de eletricistas e encanadores. Esses serviços são comuns em seguros pessoais, mas também incluem serviços especificamente voltados para entidades legais, como reparo de portas de aço ondulado, instalação de câmeras de vigilância, inspeção de extintores de incêndio e reparo de bebedouros e sistemas de intercomunicação.

As opções de plano, coberturas, assistência, benefícios potenciais e valores de prêmios variam de uma seguradora para outra. O prêmio é o valor que o segurado paga à seguradora.

Quais São as Coberturas do Seguro Empresarial?

O seguro empresarial é um tipo abrangente de seguro que combina várias “coberturas” em uma única apólice. Em outras palavras, ele oferece uma ampla variedade de opções de cobertura, que dependem da seguradora.

Medeiros da FenSeg enfatiza que, em geral, a cobertura básica do seguro empresarial inclui proteção contra incêndio, raio e explosão. “Todas as outras coberturas são opcionais e podem ser adicionadas”, ele ressalta.

“Além da cobertura básica obrigatória (veja mais detalhes abaixo), existem outras coberturas adicionais que são importantes para todos os tipos de empresas. Essas podem incluir perda de lucro, danos elétricos, roubo de bens, cobertura de responsabilidade (mais detalhes abaixo) e cobertura de vidros”, afirma Medeiros.

Segundo Nagata, a BB Seguros exige a aquisição de pelo menos cinco coberturas: incêndio e mais quatro coberturas adicionais: danos elétricos, perda ou pagamento de aluguel, responsabilidade do estabelecimento e despesas fixas.

A BB Seguros oferece seguros comerciais em planos com níveis progressivos de proteção. Existem três opções: Essencial, Prático e Total. De acordo com a empresa, as coberturas podem ser personalizadas para atender a diversas necessidades, desde a proteção dos ativos da empresa, como prédios, equipamentos e estoque, até a cobertura da exposição de responsabilidade do negócio.

O plano Total é o mais abrangente e inclui uma sugestão inicial de dez coberturas. “O objetivo é proteger nossos clientes contra diversos riscos, incluindo danos à propriedade, aos ativos e riscos relacionados ao clima, bem como responsabilidade perante terceiros”, diz Nagata.

Quanto a terceiros, ele destaca a cobertura de responsabilidade do empregador, que garante indenização por lesões corporais e despesas hospitalares de funcionários em caso de acidentes.

Outras coberturas disponíveis incluem proteção contra roubo e/ou arrombamento com arrombamento forçado, danos causados por ventanias, granizo, ciclones, tornados e furacões, bem como quebra de vidros.

“Todos os planos são personalizáveis, permitindo que os clientes personalizem seu seguro de acordo com as necessidades de seus negócios”, observa Nagata. Ele acrescenta que o seguro empresarial da BB Seguros oferece extensões para as coberturas. Por exemplo, a cobertura de quebra de vidros também inclui danos resultantes de louças quebradas para bares ou restaurantes.

A Porto oferece dois tipos de planos: Porto Seguro Empresa e Porto Seguro Empresa Essencial. Ambos cobrem a estrutura física do estabelecimento e seu conteúdo.

“Ao escolher um dos serviços, o cliente protege seus ativos e recebe suporte para a sustentabilidade financeira de seu negócio, impedindo que incidentes inesperados interrompam as operações”, diz a Porto.

O plano Empresa Essencial é ideal para micro e pequenas empresas “que estão ingressando no mundo dos seguros e não têm certeza sobre a extensão de seus riscos”. Ele oferece termos de contrato simplificados com preços mensais a partir de R$40.

“O seguro sugere limites para as principais coberturas, que são as mais importantes para os proprietários de empresas, como incêndio, danos elétricos, ventanias, roubo, perda de lucro e cobertura de responsabilidade”, informa a seguradora.

A Porto Seguro Empresa atende a pequenas, médias e grandes empresas e oferece cobertura para atividades específicas, como academias, clínicas, escritórios, bares e restaurantes, pet shops, clínicas veterinárias, concessionárias de veículos e muito mais. Ela cobre mais de 180 atividades diferentes.

A cobertura básica inclui indenização por incidentes como incêndio, explosão, implosão, fumaça e queda de aeronaves, dependendo do tipo de negócio. Essa cobertura garante a compensação por danos físicos à estrutura da empresa e seu conteúdo.

As coberturas adicionais variam, algumas são adaptadas a tipos de negócios específicos.

Exemplos de coberturas adicionais incluem indenização por despesas fixas, como água, eletricidade, aluguel e Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em casos de interrupção devido a incêndio, danos elétricos, ventanias, desmoronamento, danos causados por granizo, danos a terceiros, roubo de bens e dinheiro, despesas médicas em caso de acidentes de funcionários, danos a bens em ambientes refrigerados, ativos da empresa utilizados por funcionários que trabalham em casa, jardins corporativos e mercadorias transportadas por entrega.

“O mercado oferece coberturas personalizadas para cada segmento, como cobertura para a deterioração de mercadorias em ambientes refrigerados, que é crucial para empresas que armazenam mercadorias, como supermercados”, explica Medeiros da FenSeg.

Ele também menciona a cobertura de responsabilidade pela oferta de alimentos e bebidas, que é essencial para bares e restaurantes. Ela garante o reembolso de despesas se um cliente consumir seus produtos, adoecer e precisar ser hospitalizado.

Segundo Medeiros, existem também coberturas cuja importância depende da região e do tipo de edifício coberto. Isso inclui cobertura contra ventanias, furacões, ciclones, tornados e granizo. “Isso é especialmente importante para estabelecimentos como depósitos localizados em regiões com histórico de tais eventos, como a região Sul do Brasil”, observa ele.

As seguradoras também oferecem diversos serviços de assistência, que são serviços para o dia a dia do segurado. A BB oferece 42 desses serviços, enquanto a Porto oferece mais de 30. Os serviços de assistência específicos podem variar dependendo do plano.

“Esses serviços são amplamente utilizados, especialmente por pequenas e médias empresas que não têm equipes de manutenção. Os serviços de assistência mais frequentemente utilizados são para eletricistas, encanadores, serralheiros e reparos em portas de aço ondulado”, diz Medeiros.

As seguradoras também podem oferecer benefícios. Por exemplo, o Plano Total da BB permite que os clientes escolham um dos três benefícios possíveis: detector de fumaça, câmera Wi-Fi ou acesso a uma plataforma de relacionamento com o cliente.

Coberturas Obrigatórias

Há uma cobertura mínima obrigatória para o seguro empresarial. O artigo 18 da Lei 61.867/1967 estipula que as entidades legais devem contratar seguro contra incêndio para seus bens móveis e imóveis.

Exemplos de Cobertura de Responsabilidade

Quando se trata de cobertura de responsabilidade no seguro empresarial, existem duas categorias: responsabilidade do estabelecimento e responsabilidade do empregador.

De acordo com Nagata, a cobertura de responsabilidade do estabelecimento entra em jogo quando um cliente entra no local segurado e sofre uma lesão devido a um piso escorregadio ou molhado, ou quando um lustre ou parte do teto cai sobre ele, causando lesões.

A cobertura de responsabilidade do empregador, por outro lado, cobre despesas hospitalares e funerárias dos funcionários segurados em caso de acidentes no trabalho ou durante o trajeto de ida e volta do trabalho.

Quem Pode Obter o Seguro Empresarial?

O seguro empresarial é projetado para entidades legais em geral. Entre os principais negócios elegíveis para esse tipo de seguro, Nagata lista padarias, clínicas, escritórios, cafés e salões de beleza. “O objetivo é proteger os ativos e minimizar o impacto financeiro de eventos prejudiciais potenciais”, afirma o executivo.

Ele observa que as pequenas e médias empresas (PMEs) são o principal mercado para esse tipo de seguro. No caso da BB Seguros, o produto tem um limite máximo de cobertura de até R$7,5 milhões para cobertura de incêndio. Esse limite atende principalmente a clientes de pequenas e médias empresas, envolvidos principalmente no comércio e em serviços.

No entanto, para valores de cobertura mais elevados, de até R$15 milhões, a BB Seguros oferece um Seguro Empresarial Personalizado para cobertura de incêndio, voltado para clientes de médio a grande porte.

O público-alvo também pode variar de uma seguradora para outra. No caso da Porto, é possível assegurar ativos no valor de R$50.000 a R$150 milhões, sujeito a avaliação de riscos. Em outras palavras, existem opções de seguro para empresas de todos os tamanhos. “O público-alvo inclui empresas dos setores de indústria, comércio e serviços, desde microempresas até grandes corporações”, afirma a seguradora.

A Porto também estende a cobertura a profissionais como advogados, médicos e contadores. “Eles também podem adquirir seguro para proteger seus ativos, mesmo que não tenham um CNPJ, usando seu registro profissional”, de acordo com a empresa.

“Não existe uma regra única entre as seguradoras. Em geral, o mercado oferece soluções para todos os tamanhos e segmentos da indústria, comércio e setor de serviços”, comenta Medeiros.

Pensamentos Finais

Mais uma vez, vale a pena reiterar que o seguro empresarial é uma apólice abrangente, o que significa que abrange várias coberturas em uma única apólice. Conforme descrito pela Susep, essa categoria permite que a parte segurada selecione as coberturas mais adequadas às suas necessidades, resultando em uma apólice de seguro “personalizada” dentro de uma única apólice.

Nesse sentido, é essencial que as partes interessadas prestem atenção às coberturas oferecidas para adquirir apenas o que é realmente necessário, evitando o pagamento por itens que nunca serão usados, enquanto excluem proteções essenciais.

“O aspecto mais crucial aqui é contar com a orientação de um corretor de seguros para aconselhar sobre as coberturas e os valores das coberturas para cada categoria, pois é essencial que o cliente compre valores suficientes para proteger plenamente seus bens, tanto o prédio quanto seus ativos, incluindo matérias-primas e estoque”, recomenda Medeiros.

Ele lista as principais precauções que os empresários devem tomar ao buscar um seguro: comece envolvendo um corretor de seguros de confiança e selecione o seguro que melhor atenda às necessidades do negócio.

“Também é crucial ler as condições do contrato que estabelecem os riscos cobertos e excluídos pela seguradora”, acrescenta o executivo da FenSeg. “Em caso de sinistro, notifique imediatamente a seguradora para acelerar o processo de avaliação do sinistro”, conclui ele.

A Susep também destaca certos detalhes da cobertura de incêndio, que é obrigatória. De acordo com o órgão regulador, não basta haver um incêndio; “incêndio é definido como a propagação ou desenvolvimento do fogo com intensidade, causando danos”.

O órgão acrescenta que “a cobertura de incêndio fornece indenização por perdas ocorrendo em locais onde incêndios normalmente não ocorrem. Portanto, essa cobertura não inclui, por exemplo, danos ocorridos em equipamentos que operam diretamente ou indiretamente com fogo (fornos, trocadores de calor etc.) se não houver propagação.”

Além disso, “outro fenômeno não considerado como incêndio para fins de seguro é o dano elétrico. É comum que aparelhos elétricos ou condutores apresentem defeitos que causam superaquecimento e fusão de metais com a aparência de chamas residuais, com ou sem curto-circuito. Se não houver incêndio ou danos causados pelo fogo, o seguro não reconhece que houve um incêndio.”

Em outras palavras, um padeiro deve prestar atenção às condições de seu seguro se pretende ser compensado no caso de mau funcionamento de seu forno elétrico.

A Susep continua dizendo que “danos decorrentes de combustão espontânea, aquecimento espontâneo ou fermentação não são cobertos, uma vez que não há propagação de chamas, uma característica típica do incêndio.”

O órgão destaca que esses “fenômenos que se assemelham a incêndios, mas não são considerados como tais para fins de seguro, podem ser cobertos por contratos de cobertura específica.”

Em conclusão, o seguro empresarial é uma solução versátil projetada para proteger as empresas contra uma variedade de riscos, e é vital para os proprietários de empresas trabalharem com profissionais de seguros para adaptar a cobertura certa às suas necessidades específicas. Se você administra uma pequena padaria ou uma grande corporação, ter um seguro empresarial abrangente pode proporcionar tranquilidade e proteção financeira quando eventos imprevistos ocorrem.

Atualizado em by Liticoin.com
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Registro Rápido

Corretora regulamentada. Conta Demo com $10.000 em fundos virtuais Grátis!

92%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais Ilimitados! Depósito Inicial Não é Necessário.

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
O seguro empresarial é um salvaguarda crucial projetada para entidades legais. Seu objetivo principal é proteger as empresas contra perdas financeiras decorrentes de uma ampla gama de eventos, como incêndios, incidentes relacionados ao clima e danos causados a terceiros dentro de um estabelecimento comercial.
banner image